2 meses atrás

Glitter no Carnaval: como brilhar sem prejudicar os peixinhos

por Imaginarium

Falou em Carnaval, falou em glitter. Só que falou em glitter no Carnaval, falou em poluição também :(

É muito bad que uma coisa que a gente taaaanto ame pros dias de Carnaval (e pro ano inteiro, a gente confessa), seja tão prejudicial, né não? A questão é a seguinte: o glitter é feito de um monte de pedacinhos de plástico que acaba não podendo ser reciclado. E o resultado é que esses microplásticos vão todos pro oceano e os animais acabam confundindo com comida.

Foto: @juliaassisfotografia para @purabioglitter

E o que a gente pode fazer? Aqui temos algumas ideias, ó:

Não tirar no banho para que não vá pros oceanos.

Esse microplástico vai continuar levando milhões pra decompor… Mas, se for usar, já é um jeito de minimizar o problema: evitando que vá pra água. Ah, produtos de limpeza para a pele em óleo costumam resolver melhor que demaquilante, viu?

E colocar um filtro no ralo.

Se depois que tirar o glitter, ainda ficar um pouco na pele e você quiser garantir, a gente tem outra ideia! Coloca um filtro de papel no ralo do banheiro pra peneirar e não deixar nada glitter passar durante o banho.

Peraí, e se eu usar pó de decoração pra confeiteiro?

Para ser uma boa ideia, mas não é. A questão é que ele também tem plásticos, exatamente como o glitter. Claro que nesse caso ele não tem problema para quem ingere, mas no fim também é um problema pro meio ambiente. :(

Comprar glitter biodegradável.

Aí sim: uma boa solução. Existem muitas marcas que pensaram nisso e vendem um glitter que tem brilhos naturais. Sim, à base de plantas, algas ou minerais pra não prejudicar nadinha do planeta. Depois, em contato com a água, ele vai se dissolvendo . \o/

 
Foto: @studio.coletti para @purabioglitter

E brilham meeesmo, viu? Não vai pensando que ser ecológica vai ~prejudicar no seu look não. A gente conheceu essas, ó: @ladomatosaboaria, @glitra.bio, @purabioglitter. E se tiver dica de mais, conta pra gente que incluímos aqui. ; )

E lembrando que não é só glitter que brilha, né? A marca Lush tem barra iluminadora pra pele (pra pele mais clara e pra pele mais escura) e ainda um pó iluminador. Pra quem não conhece, a marca pensa em cada detalhe pra não agredir o meio ambiente (é feita à mão, é vegetariana – porque tem produtos com leite, mel e ovos, por exemplo – e não faz testes em animais).

E se for tentar fazer o próprio glitter?

Boa sorte, rs! Brincadeiras à parte, a gente encontrou vídeo dizendo que a ideia de misturar sal e corante e assar no forno deu errado. Quer dizer, virou um sal colorido, mas brilho que é bom, nada.

Fontes: Pedra AmbientalModices.

Posts relacionados:

Comentários: