3 meses atrás

O que esperar do livro “Café é para os fortes”

por Imaginarium

Tá sabendo que agora a gente tem livros? Tem sobre vários assuntos que amamos: vinho, viagem, drinks e séries e, claro, café! Sim, o livro “O café é para os fortes” tá à venda na loja virtual e também na Imaginarium mais próxima.

São histórias secretas, amores arrebatadores, receitas incríveis, endereços exóticos, curiosidades e experiências inusitadas contadas pelos associados da ACA (Amantes de Café Anônimos) em uma ata esquecida sobre uma mesa de cafeteria.

Os responsáveis por tooodo esse texto incrível foram o Anderson e o Emerson Couto. E como se não bastasse serem gêmeos idênticos, ainda escolheram a mesma profissão, acreditam? Os dois tem anos e anos de experiência como jornalistas. E foi justamente na rotina de redação dos jornais diários que começou o vício em café. Até que toda essa paixão virou livro para imaginarium + editora belas letras com muito bom humor, leveza e cafeína envolvidos!

Foto: Magda Rimolo

Contem pra gente: como foi receber o convite de escrever esse livro?

O fato de a Imaginarium estar no projeto nos empolgou, porque é uma marca que tem tudo a ver com a linguagem que curtimos. A ideia era fazer um livro divertido, irreverente, com relatos breves sobre o café, fragmentos cafeínados. Foi um trabalho de pesquisa sobre as muitas curiosidades e entrevistas com especialistas. O projeto gráfico da Tereza Bettinardi ficou lindo também. Um design descolado, a cara da Imaginarium.

E qual foi a viagem mais interessante envolvendo café? A gente vai adorar saber. : )

O café para a gente é tipo a madeleine do Marcel Proust. O sabor, o aroma, tudo isso nos remete a experiências passadas. Essa é a nossa grande viagem. E é a viagem de muita gente também. No nosso caso específico, o aroma do café está muito associado à vida de jornalista, às loucuras da redação na hora do fechamento da notícia. Tem gente que sente o cheirinho do café e se lembra da casa da avó na infância. Essas viagens são as melhores.

Qual página do livro ninguém deveria deixar de ler, de jeito nenhum?

Apesar de o livro ser composto de histórias reais, ele foi costurado por uma ideia ficcional. Criamos uma associação de pessoas que amam demais o café e, na abertura de cada capítulo, há o depoimento de um “dependente”, ou melhor, há declarações de amor ao café. Estas breves histórias destes personagens são o gancho para capítulos temáticos sobre o café e merecem ser lidas. Os temas são a relação do café com o trabalho, religião, arte, filosofia etc.

E pra quem é o livro?

É para quem curte café, mas não é especialista no assunto. O alvo principal são os coffee lovers amadores. Todo mundo conhece algum amigo ou parente assim. É um livro também para quem é curioso, para quem quer se divertir, para quem gosta de experimentações. Um livro até mesmo para quem não bebe café.

Quer ver um spoiler de como é o livro por dentro? Dá pra espiar algumas páginas na loja virtual aqui.

 

Posts relacionados:

Comentários: