4 meses atrás

10 coisas que só a geração Harry Potter vai entender

por Imaginarium

Você deve lembrar a primeira vez que pegou Harry Potter e a Pedra Filosofal nas mãos. Esse momento foi importante pra muuuita gente lá no final da década de 90 e a gente tá incluído nessa. o/

E não é nada exagero dizer que mudaram a nossa vida, porque essa história faz parte dos últimos 20 anos. Sim, VINTE anos. Porque hoje, dia 26 de junho, completam duas décadas que o primeiro livro foi lançado.

1. Ler livros em tempo recorde.
Talvez essa tenha sido a sua primeira leitura de muitas e muitas páginas e que fez você se sentir um adulto lendo isso na infância. E, a gente sabe, cada livro demorou só alguns dias pra ser lido (o que fez com que você fosse obrigado a reler até o próximo ser lançado).

2. E eles sempre serão melhores que os filmes.
Você assistiu a todos várias vezes, mas nada se compara com os detalhes de cada livros – que, aliás, tem um lugar reservado na sua estante até hoje.

3. “Heróis” não ganham só pela força.
Em Harry Potter, a gente aprendeu que dá pra ganhar na inteligência e na coragem, diferente de várias outras histórias da época.

4. Girl power estava lá!
Talvez tenha sigo a primeira vez que a gente tenha se deparado com isso, porque a Hermione tava sempre questionando tudo (e hoje ver a Emma Watson assumindo esse papel cada vez mais só dá mais certeza de que ela foi perfeita pros filmes).
Sem contar que a J.K. Rowling foi a primeira escritora mulher a se tornar milionária.

5. Despertar a empatia.
Mostrou pra gente que todo mundo é igual, ensinou a não julgar, fez a gente se colocar no lugar no lugar das minorias e que vale sempre ir contra pra quem, por algum motivo, se acha superior. Ver Harry e Ron defendendo os alunos de sangue mestiço ou todos eles lutando contra a obsessão de Voldemort pelos “puro-sangue” só reforçou mais isso na nossa infância.

6. E a vontade de viajar também.
Sim, conhecer o parque do Harry Potter e experimentar a cerveja amanteigada se tornou um dos seus destinos da lista de desejos, assim como a Plataforma 9 3⁄4 na Kings Cross, em Londres.

7. Se sentir próximo dos personagens.
Vocês cresceram juntos e, até hoje, quando você vê os seus personagens preferidos em algum filme, a sensação que dá é quase como se conhecessem.

8. Escolher a sua casa de Hogwarts.
Mais especificamente Grifinória, Sonserina, Corvinal ou Lufa-Lufa. E, sim, a gente nunca vai deixar de fazer todos os testes que aparecerem pela internet pra confirmar a nossa.

9. Esperar pela carta de Hogwarts.
E a gente segue esperando. :P

10. Entender que ter amigos é tudo.
Porque o Harry não teria feito tudo o que fez se não tivesse o Ron e a Hermione com ele.

E trazendo pra nossa vida hoje: melhor ainda é ter amigos que gostem de Harry Potter tanto quanto a gente. Já aproveita e manda esse post pra aquele amigo que era tão pottermaníaco quanto você!

Posts relacionados:

Comentários:

  • Juliana Almeida Menequini

    O parque do Harry Potter é na Universal, em Orlando tbm, mas não na Disney ?

  • Pingback: Blog Imaginarium | …()