1 mês atrás

Apaixonado por café? Saiba tudo sobre os tipos e preparo

por Imaginarium

Nada ajuda mais a ficar pronta pra batalha da vida adulta do que uma boa xícara de café pela manhã. No dia a dia, o cafézinho é essencial pra ajudar a gente a dar aquela respirada e seguir o baile. Infelizmente, com a correria, a gente acaba tomando café sempre igual, mesmo que o mundo seja grande e que cada pedacinho dele tenha inventado um jeito diferente de apreciar essa maravilha de bebida.

Não é fácil agradar a todos, mas o café quase consegue. Por isso, separamos um resuminho sobre os jeitos de aproveitar a bebida dos deuses pra você – uma introdução de como incorporar novas formas de preparo na sua rotina. Vamos lá?

Dicas pra um café perfeito

Dê uma passada de água quente em tudo que você vai usar pra fazer o café, antes de qualquer coisa. Assim, você evita que os objetos que estão gelados esfriem o café durante o processo.
Preste atenção no tipo de moagem (a grossura dos grãos moídos) do pó. Cada jeito de preparar pede uma moagem específica, pois trabalha com um tipo diferente de filtro.

Café não é básico não, mores, tem de vários tipos! Eles podem ser naturalmente mais doces, mais amargos, mais frutados e etc. Outra coisa que muda o sabor do café é o tipo da torra. Grãos mais torrados são mais amargos e os menos torrados, mais suaves. Por isso, fica ligado na hora de escolher seu pacote. :)
Os diferentes tipos de preparo têm diferentes resultados. Tem técnicas que preservam mais os óleos do café, outras o aroma, outras que deixam ele mais concentrado, menos concentrado, mais pretinho ou mais amarronzado. Sacando tudo sobre café, dá pra escolher exatamente o que você quer tomar hoje, amanhã de manhã e naquela madrugada que você vai virar fazendo trabalho.

Vamos começar, então.

Prensa Francesa

A técnica, é, na realidade, italiana (pensa no climão). Foi criada em 1929 pelo italiano Attilio Calimani, mas ganhou esse nome porque ficou famosa nas cafeterias francesas. Nessa técnica, o preparo se dá por infusão: você coloca o pó de café (indica-se 20g de café para cada 200ml, o que dá duas colheres de sopa) na água e deixa lá uns 4 minutos. Pra ter o melhor resultado, o melhor é usar um grão com moagem grossa, já que o filtro não é muito fininho.

Aí então você desce o êmbolo lentamente (que tem um tela que funciona como filtro) e tchannn, você tem um café perfumado e delicioso, já que o filtro da Prensa Francesa preserva os óleos naturais da bebida que, sem novidades, são muito cheirosos! Em copos transparentes é possível ver a separação do pó e do café, espia aqui:

Copo prensa francesa Bom Café | R$ 79,90

O dia dos pais tá chegando e pra quem tem um pai que adora um bom café, o copo Prensa Francesa é a pedida. Ele é perfeito pra levar por aí e sempre tem café quentinho por várias horas.

Copo Prensa Francesa Pai Café Forte | R$ 119,90

Filtro de papel ou de pano

O clássico da casa de todos os brasileiros, dá como resultado um café sem borra e cheiroso. Isso porque os filtros de pano e o de papel sugam os óleos do café, deixando ele limpíssimo! O legal de usar o filtro de pano é a parte sustentável da coisa: ele é reutilizável, ou seja, você lava ele, deixa ele secar ao ar livre e usa muitas muitas vezes, dispensando o uso do filtro de papel.

Esse a gente aposta que todo mundo sabe passar, então só vamos te lembrar daquela dica de molhar tudo em água quente.

Depois de passado o café, é recomendado tomar tudinho (o que não é muito difícil) em até 2 horas depois do preparo. Caso você queira fazer café só pra você ou faça questão de tomar café passadinho na hora, hoje em dia tem opções de filtro com caneca de cerâmica. Dá uma olhada aqui nessa belezura:

Caneca Filtro Passando Bom Dia | R$ 99,90

Cafeteira italiana ou Moka

A Moka é criação do famoso Afonso Bialetti. Em 1933, Afonso lançou o produto que tem nome em honra à cidade de Moka, do Iémen da Península Arábica, bastante conhecida pela tradição dos cafés.

Essa técnica é super legal pois preserva os óleos naturais do café que deixam ele tão cheiroso. O resultado é um café bem pretinho, encorpado e forte, parecido com um espresso – só que feito em casa. Pra ter um cafezinho perfeito feito na Moka, você deve usar um pó de moagem fina e encher o filtro até a boca. O tamanho do filtro varia de Moka para Moka, já que ela pode ser encontrada em versões de 1, 2 ou 3 xícaras.

Não é necessário compactar o café! Encha a parte inferior de água, encaixe o filtro dela, rosqueie a parte superior e pode colocar no fogo, baixinho, pra não ferver seu café e acabar queimando essa preciosidade. Nesse método o café é preparado por meio da pressão da água, que passa pelo pó do café e fica na parte superior da Moka. O mais legal é que o barulho que ela mesma faz avisa quando o café tá pronto.

Você pode aproveitar esse café pra fazer diversas receitas, como essas que ensinamos aqui.

Agora que você foi iniciado nas técnicas de café, não tem mais volta. Logo você vai perceber que tudo é motivo pra tomar café, então aproveite todas as oportunidades pra experimentar.

Se você ama café, tem todo um espaço reservado pra você no site e na Imaginarium mais próxima.

Posts relacionados:

Comentários:

  • Tainá Bernard

    AAAMO MOKA!!