8 anos atrás

Ícones Pop: Carmen Miranda

por Imaginarium

Do tempo em que o Zé era Carioca e não o Zé pequeno, que a garota era de Ipanema e não a popozuda do trigrão e que o Tio Sam finalmente descobriu o bom da nossa batucada, apareceu ela: Carmen Miranda cantando e encantando todos!

Nascida em Portugal mas criada no Brasil, sua cantoria ao vender chapeus em uma loja no Rio de Janeiro chamou a atenção de todos e principalmente de produtores americanos. Com sua imagem estilizada de baiana, sapatos plataformas para compensar seus 1,53m – e deixar muita fashionista babando – roupas coloridas, frutas tropicais na cabeça e outros balangandãs, Carmen deixou sua marca registrada no carnaval brasileiro. Cantora e atriz exótica, foi a primeira artista brasileira, a fazer sucesso no cinema estrangeiro, em especial nos musicais de Hollywood e foi assim que finalmente a Casa Branca descobriu a batucada de iô iô iá iá. Amada por muitos mas estranhada por alguns – muitos achavam que Carmen se vendeu aos americanos, além de criar um estereótipo que não era real sobre a cultura e alguns costumes brasileiros – ela conseguiu conquistar ao longo da sua vida seu lugar ao sol.

Por causa dela, e desta cultura tão rica e diversificada descobrimos que cachaça não é água, a cabeleira do Zezé não quer dizer nada e que mamãe na verdade não que mamar! Vamos abrir mais alas, mostrar a nossa cara, esquentar nossos pandeiros e iluminar os terreiros, porque no Carnaval? Ah, o bom é sambar e mostrar o Brasil do meu e do seu amor, terra de nosso senhor!

Posts relacionados:

Comentários:

  • Catarina de Macedo

    A primeira artista luso-brasileira e não brasileira. Para todos os efeitos ela nasceu em Portugal e nunca quis mudar a sua nacionalidade de portuguesa, por isso não deve ser considerada apenas como brasileira.